Início CAIXA Crédito em conta do Saque Imediato do FGTS começa nesta sexta-feira

Crédito em conta do Saque Imediato do FGTS começa nesta sexta-feira

A Caixa inicia nesta sexta-feira (13) o crédito em conta do Saque Imediato do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) para trabalhadores nascidos entre os meses de janeiro e abril. Neste início de calendário, cerca de 11,7 milhões de trabalhadores com conta poupança na Caixa receberão automaticamente até R$ 500 de cada conta ativa ou inativa do Fundo. Nessa primeira etapa, R$ 4,8 bilhões devem ser recebidos pelos trabalhadores. Para atender a toda essa demanda, as agências da Caixa irão abrir mais cedo. Clique aqui e confira os dias e horários.

Cerca de 33 milhões de pessoas (34%) poderão receber crédito automático em conta poupança, conforme o calendário:

De acordo com o presidente da Caixa, Pedro Guimarães, este é o início da maior ação de pagamentos da história do país e a estratégia de atendimento do banco foi traçada para proporcionar comodidade ao trabalhador brasileiro. “A Caixa atenderá a todos até o final do calendário. O pagamento será feito por vários canais de atendimento, com tranquilidade e segurança”, ressalta Guimarães.

O crédito ocorrerá automaticamente nas datas previstas no calendário nas contas poupança da Caixa abertas até 24/07/2019, data de edição da MP 889/2019. O trabalhador também pode optar por receber em outras contas da Caixa, por meio dos canais: Internet Banking, APP FGTS e o site fgts.caixa.gov.br.

No caso de não desejar retirar os recursos, o cidadão deve informar ao banco, por meio dos canais divulgados no site fgts.caixa.gov.br, para que os procedimentos necessários sejam tomados e os valores não sacados retornem à conta vinculada ao FGTS.

Pagamentos do FGTS – As novas regras para saque das contas do FGTS têm como base a Medida Provisória nº 889/2019, como a possibilidade de saque, a partir deste mês, de até R$ 500 das contas vinculadas de titularidade do trabalhador, limitado ao valor do saldo, conforme exemplos abaixo:

O Saque Imediato do FGTS pode resultar em uma liberação de cerca de R$ 28 bilhões para a economia ainda em 2019 e R$ 12 bilhões para 2020. Cerca de 96 milhões de trabalhadores têm direito ao saque dos recursos.
Fonte: CAIXA